COMO FAZER DENúNCIAS FÍSICAS:

DENUNCIA EM
DELEGACIAS

Você pode ir a qualquer delegacia da sua cidade e registrar um boletim de ocorrência. A partir disso, seu processo será encaminhado para um juiz dentro de 24 horas.

PASSE O MOUSE AQUI

PASSE O MOUSE AQUI

Onde encontrar:

Xanxerê: R. Celestino do Nascimento, 550 - Centro, Xanxerê - SC, 89820-000

Xaxim: Avenida Luiz Lunardi no Bairro Centro na Cidade de Xaxim, SC

Chapecó: R. Uruguai, 39D - Centro, Chapecó - SC, 89802-500

DENÚNCIAS EM DELEGACIAS

DISQUE
100

O canal de denúncia da Mulher, Família e dos Direitos Humanos é um serviço de proteção a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual. Ele funciona diariamente, das 8h às 22h, e qualquer pessoa pode prestar uma queixa, seja menor ou maior de idade. O serviço também recebe denúncias que envolvem violação de direitos de grupos considerados vulneráveis, como minorias e a comunidade LGBTQ+. Aos fazer a ligação, você relata o caso e eles registram sua denúncia. Ela é encaminhada para o órgão responsável e depois há um monitoramento do Disque 100, que entra em contato com você para dizer os próximos passos.  A chamada é gratuita.

PASSE O MOUSE AQUI

PASSE O MOUSE AQUI

DISQUE 100

DISQUE
180

A Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência também é um canal anônimo de denúncias. Este canal é estritamente reservado para casos de abuso e agressão contra mulheres. A denúncia pode ser feita 24h, por qualquer pessoa, de qualquer lugar do Brasil. O registro também é feito e enviado para a Segurança Pública. Uma cópia também vai para o Ministério Público. Se você for do sexo feminino e estiver vivendo em situação de vulnerabilidade ou enfrentando violência doméstica,

esse é o primeiro canal o qual você deve recorrer.

PASSE O MOUSE AQUI

PASSE O MOUSE AQUI

DISQUE 180

DISQUE
190

O número 190 é da Central Regional de Emergências da Polícia Militar de Santa Catarina que também atende casos de boletim de ocorrência.

PASSE O MOUSE AQUI

PASSE O MOUSE AQUI

DISQUE 190

COMO FAZER DENúNCIAS ONLINES:

PRINCIPAL FORMA DE
 DENÚNCIA

PASSE O MOUSE AQUI

PASSE O MOUSE AQUI

ONLINE

É um site disponibilizado pelo disque 100. Basta entrar no site, se preferir, iniciar um chat para receber mais informações, ou escolher dentro da caixinha de ''todos os serviços'' a plataforma que deseja denunciar.

MMFDH- 100/180: Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, é esse ministério que atende as ligações de 100/180, escolher essa plataforma para denunciar é como ligar para esses números.

SIGNIFICADO DAS SIGLAS DA CAIXINHA DE ''TODOS OS SERVIÇOS'':

PRINCIPAL FORMA DE DENÚNCIA ONLINE:

ÓRGÃO FILHO- DPDF: A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) é um órgão independente brasileiro, essencial à função jurisdicional do Estado, destinado a prestar assistência jurídica integral e gratuita aos cidadãos sem condições financeiras de contratar um advogado e de pagar despesas de processo judicial no Distrito Federal.

passo a passo pós violação:

NÃO ESPERE PARA DENUNCIAR! AS PRIMEIRAS HORAS SÃO ESSENCIAIS PARA A SAÚDE FÍSICA DA VÍTIMA E PARA A JUSTIÇA SER FEITA COM MAIS PROVAS!

PASSO A PASSO
DA VIOLÊNCIA SEXUAL

1. Procurar um advogado criminalista para receber auxílio;
2. Não tomar banho para manter o material genético; 
3. Procurar autoridade policial;
4. Fazer o boletim de ocorrência;
5. Se não for encaminhado na hora para o hospital, realize o exame de coleta, você tem o direito de chamar um médico particular para fazê-lo, pedindo a ele para fazer a coleta completa (unha, arranhões, esperma, cabelo, digital, tudo que for possível);  

6. Ir ao IML (Instituto Médico Legal) para realizar a coleta de provas;

7. Caso a moradia da vítima não for segura, o serviço social é acionado; 
8. A vítima deve procurar ajuda de pessoas confiáveis para voltar no local e coletar provas de câmeras de vigilância próximas (apesar de autoridades se comprometerem a fazer, lembre, a justiça pode ser falha, faça a coleta das filmagens você também, toda prova é necessária); 
9. Procurar assistência psicológica (pode ser encontrada gratuitamente em nosso site);
10. A partir disso, os profissionais que estiverem ao lado da vítima irão orienta-la.

PASSE O MOUSE AQUI

PASSE O MOUSE AQUI

DA VIOLÊNCIA SEXUAL ATÉ A DENÚNCIA

À DENÚNCIA
PASSO A PASSO
DA DENÚNCIA

PASSE O MOUSE AQUI

PASSE O MOUSE AQUI

AO HOSPITAL

ENTENDA O QUE VOCÊ VIVENCIARÁ NO HOSPITAL:

                    Não é necessário fazer um boletim de ocorrência para ter acesso a estes tratamentos. 


1. A pílula do dia seguinte deve ser tomada até 12 horas depois do estupro. Depois desse período, não há mais evidência científica que garanta que o medicamento vá funcionar;
2. Para que os antirretrovirais (tratamento contra HIV), realmente funcionem, a mulher precisa tomar a medicação o mais rápido possível, não ultrapassando 72 horas após o ocorrido;
3. Deve-se tomar uma injeção (dose única) de antibióticos que servem para prevenir doenças sexualmente transmissíveis;
4. Se ela não for vacinada contra hepatite B ou não se recordar de ter tomado a vacina, é necessário receber a primeira dose e completar o esquema (três doses) posteriormente, considerando o intervalo de um e seis meses após receber a primeira dose;
5. A mulher só fica no hospital se houver trauma ou mutilação ginecológica que requeiram algum tipo de intervenção cirúrgica;

6. Compete a equipe hospitalar encaminhar os próximos passos a serem seguidos.

O QUE FAZER CASO SEJA MAL ATENDIDA:

MAL ATENDIMENTO
O QUE FAZER
  • Reclamar no Ministério Público 

  • Não desistir do processo, o agressor só é punido e você só recebe medidas protetivas, se há inquérito policial e depois o processo.

PASSE O MOUSE AQUI

PASSE O MOUSE AQUI

O QUE FAZER QUANDO NÃO FOR BEM ATENDIDA: